Tite sonha em testar Vinicius Jr, do Flamengo, na Seleção principal

12/10/2017
Vinicius Júnior, jogador do Flamengo – Foto: Buda Mendes/Getty Images

COSME RIMOLI: Agora que acabou as Eliminatórias e o Brasil conseguiu sua estupenda reação, sob o comando de Tite, há uma grande dúvida no elenco que irá para a Copa do Mundo. É um nome que se manteve em sigilo desde que a nova Comissão Técnica assumiu. E que cresceu, de acordo com o fraco desempenho de Roberto Firmino, o jogador que deveria ser o reserva de Gabriel Jesus na Rússia.

Taison também não correspondeu. Muito pelo contrário. Se tornou uma decepção para Tite.
O técnico definitivamente não quer um jogador parado na área, sem grande poder de movimentação.
Por isso, não optou por chamar Jô, que recuperou sua carreira no Corinthians.
Douglas Costa também não conseguiu render. E pior, com mentalidade muito individualista. Logo deixou de fazer parte da relação dos jogadores nos quais Tite poderia apostar, apesar do seu potencial.
Existe um que toda a Comissão Técnica gostaria de ver muito mais em campo.
Que tem potencial para formar um ataque extremamente técnico com Neymar, Philippe Coutinho e com próprio Gabriel Jesus.
E por isso ficou tão revoltada quando o Flamengo não o liberou para a disputa do Mundial sub-17.
Como Parreira fez com Ronaldo Fenômeno.
E Felipão, com Kaká.
Tite analisa com carinho a possibilidade de ter Vinícius Júnior como reserva de Gabriel Jesus, no Mundial da Rússia. O que pode atrapalhar o talentoso garoto de 17 anos é exatamente o fato de estar jogando pouco demais.
A direção do Flamengo segue fazendo o trabalho de reforço muscular, psicológico e técnico de Vinícius Júnior. Sempre sob a supervisão do Real Madrid, que pagou 45 milhões de euros, cerca de R$ 166 milhões pelo jogador de 17 anos.
Mas se o clube carioca continuar a subutilizar o atacante, Tite não terá referências para apostar no garoto na Seleção Brasileira. Situação que ele sabe não ter poder para intervir. Apenas lamenta.
O técnico da Seleção, que detesta trabalhar com garotos, viu que errou, por exemplo, com Marquinhos. O deixou ir embora do Corinthians sem prestar atenção no potencial do zagueiro. E ontem, contra o Chile, foi o capitão de sua Seleção Brasileira.
Vinícius Júnior vai precisar contar com a coragem de Reinaldo Rueda em apostar no seu talento, nos meses que faltam até o Mundial. Se não, Tite não tem subsídios para apostar que o atleta conseguiu fazer a transição natural de um atleta excepcional sub-17 para o profissional
Nos testes desejados por Tite, o flamenguista é o que falta.
E por culpa do próprio Flamengo…