Sarah Menezes é do Flamengo!


A atleta Sarah Menezes é a mais nova contratação do Time Flamengo. Natural do Piauí, Sarah escreveu seu nome na história ao se tornar a primeira mulher a conquistar o ouro olímpico no judô, pelo Brasil, nas Olimpíadas de Londres, em 2012. Além da inédita conquista feminina, ela quebrou um jejum de 20 anos sem títulos da modalidade nos Jogos Olímpicos. Aos 27 anos, Sarah assina pela primeira vez com um clube de fora de seu estado. O contrato tem duração de um ano.
“Estou muito feliz em fazer parte da Nação Rubro-Negra. Minha família inteira torce para o Flamengo. Lá em Teresina, a gente se reúne em casa para ver os jogos, todo mundo de camisa, com bandeiras. Família fanática. E agora eu estou muito feliz de ajudar o clube como atleta. E já convoco a Nação para torcer pela gente também no tatame”, disse a medalhista de ouro em Londres-2012.
A contratação de Sarah Menezes faz parte do projeto Inspiração 2020/2024 – Ídolo gera craque feito em casa, que visa fortalecer os esportes olímpicos, elevando o Time Flamengo a um novo patamar. Além da judoca, o Mais Querido já havia trazido Anderson Varejão, atleta que atuava na NBA e foi repatriado pelo clube. O Rubro-Negro anunciou ainda a formação de uma equipe de vôlei para a disputa da Superliga B, com o objetivo de levar o Flamengo de volta à elite da modalidade. O próximo passo é o anúncio dos reforços nos esportes aquáticos, com nomes de peso para as equipes de polo e natação da Gávea.

Quatro vezes campeã da Copa do Mundo de Judô e do Pan-Americano na categoria ligeiro, até 48kg, peso com o qual conquistou a medalha olímpica, a atleta passou por transição no fim de 2016, e começou a competir na categoria meio-leve (52kg). Em 2017, venceu o Campeonato Brasileiro Regional e conquistou a prata no Grand Prix, em Cancun, México, mas decidiu voltar ao peso antigo e chega ao Flamengo para competir novamente na categoria ligeiro. No Mais Querido, Sarah se junta à Danielle Karla, companheira de seleção, e à técnica Rosicleia Campos, treinadora da equipe nacional.

Gerente de esportes terrestres do clube, Luisa Parente comentou a satisfação de poder contar com a judoca defendendo as cores do Mais Querido.
“É uma honra poder receber uma atleta do nível da Sarah. Campeã olímpica, batalhadora, com garra, ela tem o perfil rubro-negro”, afirmou Luisa. “Ela vai ser a referência que vai trazer os holofotes de novo para o judô do Flamengo. A gente espera que ela contagie toda essa nova geração que está sendo formada nos últimos anos, que no dia a dia ela possa transmitir essa qualidade técnica de excelência, porque quem é campeã olímpica tem um diferencial. Vai ser uma empolgação geral para esse ano de 2018 que promete não só no judô, mas em todos os esportes olímpicos rubro-negros”.
A apresentação oficial de Sarah será neste sábado, dia 3, durante a partida entre Flamengo e Minas T.C., pelo NBB, na Arena Carioca 1, às 20h.
As equipes de judô do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – Estácio, AmBev, Rede D’or, IRB Brasil RE, CSN, Brasil Plural, EY – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR) e Lei de Incentivo Estadual/Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude (Seelje) do Rio de Janeiro, além de apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé. 
Reprodução: Site do Flamengo