Réver fala sobre chave na Libertadores: “Dificílima”


O Flamengo ainda está invicto no ano, e muito se dá pelo sistema defensivo. Capitão do elenco, Réver falou sobre os confrontos do Mengão na Libertadores. Segundo classificou, a chave que o Flamengo caiu é dificílima.

— Nossa chave é dificílima. Sabemos das dificuldades que iremos encontrar. Ano passado acabamos pecando muito. No final a gente acabou não conseguindo vencer. Deixamos escapar. Temos essa precaução com os jogos fora de casa pra ir bem esse ano -, disse o zagueiro.
Réver também falou sobre os cuidados que o elenco tem que ter na competição. Um dos principais problemas, segundo ele mesmo disse, é a ansiedade:
 
— É difícil controlar a ansiedade, pode acabar nos atrapalhando. Nós sabemos que o futebol não se joga assim. Temos que ter muito cuidado. Temos que controlar da melhor maneira possível pra que quarta-feita a gente estreie bem, sem nosso torcedor. Ficamos muito tristes. Mas sabemos que eles estarão nos acompanhando. Nosso objetivo é a vitória -, concluiu.
O Flamengo volta a campo na próxima quarta-feira (21), contra o Madureira, no Engenhão. A partida é válida pela Taça Rio, segunda etapa do Carioca. Pela Libertadores, o jogo acontecerá no dia 27, também no Engenhão. A partida em si não contará com público, já que o rubro-negro tomou dois jogos de suspensão da Conmebol por conta das brigas na final da Sul-Americana.
Por Coluna do Flamengo