Não será um Fla-Flu qualquer

09/10/2017

Márcio Araújo em Flamengo x Fluminense – Foto: Alexandre Loureiro/Getty Images

KLEBER LEITE: Sou Flamengo de qualquer jeito, em qualquer lugar, independente de quem dirija o clube. Portanto, torço sempre e desesperadamente a favor.

Que o nosso novo vice de futebol seja feliz, que possa ajudar e que tenha muita sorte.
Gostaria apenas de colocar que, de um tempo para cá, o exercício de se criar dirigentes no futebol tenha perdido força. Os nossos bons dirigentes no futebol cursaram uma escolinha natural, no clube e ou, no mundo da bola. Não vou citar nomes e, seriam muitos, para evitar ciumeira natural.
Em síntese, experiência no futebol conta e, muito!
Boa sorte para o nosso vice-presidente e, que se atente para a importância da escolinha de cartola no futebol rubro-negro.
Fla-Flu
Ouvi também no rádio que muitos ingressos já foram vendidos para o Fla-Flu de quinta que vem, feriado, no Maraca, e que o público deverá ser superior a quarenta mil pessoas.
Aqui pra nós, este jogo é infinitamente mais importante para o Fluminense do que para o Flamengo.
O fato do Cruzeiro ter ganho a Copa do Brasil, já o colocando na Libertadores, abre mais uma vaga, mesmo através da pré Libertadores, para os clubes brasileiros.
Claro que ficar entre os quatro primeiros no Campeonato Brasileiro é muito melhor, pois se evita o desgaste de uma pré Libertadores, mas não será o fim do mundo se a classificação vier, mesmo que na rabeira.
Agora, o fim do mundo é o Fluminense cair, de novo, para a segunda divisão. E se perder este jogo para o Flamengo, a chance de ficar entre os quatro últimos na tabela é quase de 100%.
Portanto, este não será um Fla-Flu qualquer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *