Justiça determina liberação do Engenhão para final e Botafogo pode pagar multa.


A final da Taça Guanabara estava bem encaminhada para ser realizada no Engenhão, após a polêmica envolvendo a comemoração provocativa de Vinicius Júnior, o Botafogo decidiu vetar o estádio ao Flamengo. Na tarde desta quarta-feira, a justiça decidiu derrubar a decisão do Botafogo e determinou que o estádio seja aberto para o confronto entre Fla e Boavista.
Como consta em nota publicada no site da FERJ, assinada por Marcelo Jucá, procurador do STJD, o Botafogo é obrigado liberar o estádio para a final da Taça Guanabara. Caso o alvinegro não libere, receberá multa no valor de R$ 500 mil.
Até então, o estádio Kleber Andrade, que fica em Cariacica-ES, está definido para ser o palco da decisão do torneio. O confronto está marcado para as 17h do próximo domingo.