JP Batista, Marquinhos e Marcelinho desequilibram e Flamengo volta a vencer o Pinheiros pelo NBB 10.


Uma partida que já virou clássico na história do Novo Basquete Brasil, o controle emocional em saber selecionar os melhores arremessos acaba por fazer toda a diferença. Depois de um primeiro quarto ruim, o Flamengo soube se impor com as atuações de JP Batista, Marquinhos e Marcelinho e venceu o Pinheiros por 78 a 67.

O jogo

O Pinheiros começou a partida com grande êxito dentro das jogadas dentro do garrafão rubro-negro através de Toledo. O Flamengo não conseguia encontrar o seu equilíbrio ofensivo e defensivo dentro da partida e a equipe paulista abriu 10 pontos de vantagem no final do primeiro quarto – 23 a 13.

A partir do começo do segundo quarto, o Flamengo voltou a apresentar seu melhor volume ofensivo com os arremessos de Marquinhos. O Pinheiros só conseguiu fazer 4 pontos no quarto e com os pontos de Marquinhos e JP Batista, o time rubro-negro foi para o vestiário com a liderança da partida – 31 a 27.

O Pinheiros voltou para o terceiro quarto conseguindo a parcial de 7 a 0 com as jogadas de Bennett e Felipe Ruivo, mas logo o Flamengo encontrou sua intensidade coletiva em quadra com as jogadas de Marcelinho e JP Batista, voltou a assumir a ponta do marcador no final do período – 54 a 47.
No quarto decisivo, o Pinheiros tentou esboçar uma reação com os arremessos dos norte-americanos Ware e Bennett, mas o Flamengo soube ter a frieza no seu sistema ofensivo e contou com as jogadas do trio formado por JP Batista, Marcelinho e Marquinhos para confirmar uma importante fora de casa.

O Flamengo volta a quadra no sábado, contra o Mogi, às 14 horas, no ginásio Professor Hugo Ramos, em Mogi.

Destaques do jogo

Flamengo – JP Batista (22 pontos e 8 rebotes), Marquinhos (19 pontos e 6 assistências) e Marcelinho (18 pontos).

Pinheiros – Bennett (19 pontos), Felipe Ruivo (11 pontos) e Ware (11 pontos).
Marcelinho desequilibrou nos arremessos de três em São Paulo. (Foto: Ricardo Bufolin/ECP)
Reprodução: Globo Esporte