Flamengo não dá chance pro azar e goleia o Madureira.


Flamengo e Madureira entraram em campo nesta quarta pela primeira rodada da Taça Rio. A equipe Rubro-Negra chegou como favorita na partida e demonstrou isso dentro de campo, com um início de primeiro tempo mostrando, desde então, postura ofensiva, rodando o jogo e aproveitando a posse de bola.


Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

O primeiro gol do Flamengo saiu antes mesmo dos 20 minutos de jogo. Diego fez bela jogada individual e só foi parado com falta. Na cobrança, o camisa 10 mostrou muita classe e abriu o placar para o Mengão.

Com o placar aberto, o Mais Querido se sentiu ainda mais confiante e passou colocar mais pressão no ataque, dando pouco espaço ao time do Madureira. Com boas jogadas e dobradinha de Rodinei e Éverton Ribeiro, o lado direito se tornou um ponto forte do Mengão.
Após boa jogada da dupla na lateral, Diego recebeu na área, foi tocado por baixo mas o juiz nada marcou. O Flamengo continuou distribuindo bem suas jogadas, pelos lados do campo, mas sem rifar a bola. Após ofensiva Rubro-Negra, a bola espirrou pro volante Jonas, que percebeu Lucas Paquetá em bom posicionamento e lançou de primeira para o meia. De primeira, o garoto arrematou para o fundo das redes, aos 35 minutos.
O primeiro tempo foi finalizado com o Flamengo com boa vantagem no placar e ampla superioridade no futebol jogado. Para a etapa complementar, o time voltou sem alterações.
A mudança foi apenas no lado de campo, afinal, o rubro-negro retornou para os últimos 45 minutos na mesma pegada, sem dar espaços ao Madureira. Com isso, o placar não demorou a ser ampliado.
Everton Ribeiro recebeu bom passe e partiu para a jogada individual. Ao invadir a área, o camisa 7 acabou sendo atropelado pelo marcador. Pênalti claro, que Henrique Ourado foi para a cobrança e, como é de costume quando está na marca da cal, mandou pro fundo das redes.
Aos 23, Carpegiani resolveu fazer a alteração que se torna cada vez mais certa nos jogos do Flamengo: Vinicius Júnior foi a campo, no lugar de Everton Ribeiro, que fez boa partida. Pouco depois de entrar em campo, o camisa 20 fez grande jogada individual e achou Diego livre no meio da área. O meia dominou e bateu bem, mas o goleiro adversário fez grande defesa e a bola ainda bateu na trave.
Provável substituto de Cuéllar na Libertadores, Jonas fez boa partida e quase marcou em um belo chute de longe. Contudo, pouco após a tentativa de gol, foi substituído por Rômulo, mais uma das opções de Carpegiani para a vaga.
Artilheiro do Fla no Carioca, Vinicius Júnior não perdeu a chance de balançar as redes novamente. Miguel Trauco, que havia entrado a pouco, cruzou bem para Henrique Dourado. O Ceifador parou no goleiro, mas Diego dividiu com o arqueiro e Vinicius não perdoou a bola que veio a priore para ele só empurrar para o fundo das redes.
Com grande atuação, o Flamengo bateu o Madureira por 4 a 0, demonstrando confiança e consistência. O placar, que foi largo, poderia ter sido mais amplo. Ainda assim, foi o suficiente para colocar o Mengão na liderança do grupo B da Taça Rio, já na primeira rodada.
Por Coluna do Flamengo