Fla é líder em gols pró e tem o maior saldo entre os grandes do Brasil em 2017

Eliminação precoce na Libertadores, grande distância para o líder do Brasileirão e título estadual: até agora, o ano do Flamengo está longe de ser um sucesso – ainda que esteja vivo na Copa do Brasil e na Sul-Americana. Mas com relação a alguns números a trajetória rubro-negra em 2017 pode ser considerada boa. Entre os 12 grandes clubes do Brasil, o Fla é líder em gols pró (96) e tem o maior saldo (51). Campeão paulista e primeiro colocado do Campeonato Brasileiro, o Corinthians tem a melhor defesa (veja números abaixo).

Já o Vasco ostenta algumas marcas negativas – é o único dos grandes com mais gols sofridos do que marcados e tem o pior ataque (vale ressaltar que o time não balançou a rede nos últimos três jogos). Um número serve de exemplo para escancarar essa deficiência ofensiva em 2017: juntos, Henrique Dourado e Guerrero fizeram um gol a mais do que o Cruz-Maltino. O tricolor marcou 24 vezes, o rubro-negro 19, e o Vasco 42. Outro time com marca negativa relevante é o São Paulo, que tem a pior média de gols sofridos.

Confira números dos grandes clubes do Brasil em 2017 (apenas jogos oficiais).

Flamengo – 96 (média 1,88)

Grêmio – 92 (média 1,87)

Fluminense – 92 (média 1,80)

Palmeiras – 78 (média 1,65)

Atlético-MG – 77 (média 1,57)

Internacional – 73 (média 1,52)

Cruzeiro – 72 (média 1,46)

Santos – 70 (média 1,55)

São Paulo – 67 (média 1,55)

Corinthians – 67 (média 1,42)

Botafogo – 63 (média 1,28)

Vasco – 42 (média 1,10)

Corinthians – 25 (média 0,53)

Cruzeiro – 37 (média 0,75)

Santos – 38 (média 0,84)

Internacional – 40 (média 0,83)

Grêmio – 42 (média 0,85)

Flamengo – 45 (média 0,88)

Vasco – 47 (média 1,23)

Palmeiras – 48 (média 1,02)

Botafogo – 50 (média 1,02)

Atlético-MG – 50 (média 1,02)

São Paulo – 57 (média 1,32)

Fluminense – 63 (média 1,23)

Saldo de gols e número de jogos:

Corinthians: 42 (47 jogos)

Internacional: 33 (48 jogos)

Fluminense: 29 (51 jogos)

Atlético-MG: 27 (49 jogos)

São Paulo: 10 (43 jogos)

Artilheiros de cada time:

Henrique Dourado (Fluminense) – 24 gols

Fred (Atlético-MG) – 23 gols

Guerrero (Flamengo) – 19 gols

Jô (Corinthians) – 18 gols

Barrios (Grêmio) – 16 gols

Willian (Palmeiras), Ábila (Cruzeiro), Bruno Henrique (Santos), Roger (Botafogo), Brenner e Nico López (Internacional) – 13 gols

Gilberto e Pratto (São Paulo) – 12 gols

قالب وردپرس

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *