Cuellar sobre final não ser no Rio: “A gente tem que respeitar"


Em entrevista coletiva nesta terça-feira, Gustavo Cuellar foi o escolhido para falar com a imprensa. Entre os diversos temas tratados, está o de como a decisão do Botafogo de vetar a utilização do Nilton Santos na final da Taça Guanabara. Cuellar se mostrou chateado com a decisão, mas respeita a atitude alvinegra.

-Cara, pessoalmente lamento muito a decisão, a gente tem que respeitar né. O Vinícius fez uma comemoração e eles tomaram a comemoração. Foi a comemoração de um menino, que ta crescendo, que foi vendido agora para o Real Madrid, então um menino irreverente que com certeza vai fazer muito mais gols do que ele já fez, um golaço contra o Botafogo. A gente tem que respeitar né, um time grande do rio e infelizmente não vamos poder contar com o Engenhão mas onde a gente vai ter que procurar o título mesmo. – disse o colombiano.

O volante tinha sido perguntado sobre o quão importante é ganhar a decisão da Taça Guanabara, e exaltou a competição.

–É muito importante né. Se não me lembro, o primeiro ano a gente  ficou fora da decisão da Taça Guanabara e nesse tempo a gente falava que não era importante mesmo, mas é importante tá na final e disputar cada título pelo Flamengo. É muito importante e não vai ser diferente agora, frente a um grande time que, com certeza vai dificultar muito o jogo que a gente tentar fazer, e com certeza pra nós é muito importante começar o ano ganhando o título.

A final do primeiro turno do Campeonato Carioca, a Taça Guanabara, será no Kleber de Andrade, às 17h, no domingo (18).