Agência Antidoping tenta manter Guerrero fora até o fim da temporada.


O atacante Paolo Guererro foi flagrado no doping após jogo entre Peru e Argentina, válido pelas Eliminatórias para a Copa, por conta da substância benzoilecgonina, metabólito da cocaína. Após julgamento em primeira instância, o atleta acabou sendo suspenso por um ano. Entretanto, após recorrer à decisão, Guerrero conseguiu ter sua punição reduzida para seis meses, mas uma nova atitude da Agência Mundial Antidoping (WADA) pode prolongar novamente o tempo de suspensão.
De acordo com informação confirmada pelo Globo Esporte, a entidade irá apelar à Corte Arbitral do Esporte (CAS) para que a pena volte a ser de doze meses. Enquanto isso, a defesa do peruano aguarda marcação de novo julgamento, com o intuito de obter nova diminuição na punição ou, até mesmo, absolvição.
Com a suspensão atual, Guerrero pode retornar ao futebol apenas no 03 de maio, uma vez que está afastado desde novembro de 2017. Com esta situação, é provável que o camisa 9 retorne a campo para defender o Flamengo apenas depois da Copa do Mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *